Avaliação de Dor e Depressão em Mulheres com Endometriose

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Avaliação de Dor e Depressão em Mulheres com Endometriose

Mensagem por SusanaFonseca em Sex Dez 16, 2011 1:06 pm

Hoje publicamos no nosso blog um estudo cujas conclusões não deixam dúvidas: as portadoras de Endometriose não necessitam só de cirurgias e medicamentos, precisam de muito mais.

A Endometriose obriga-nos a gerir as nossas dores e as limitações por elas impostas. Para além disso é preciso gerir, de uma forma muito própria, a família, o trabalho ou os estudos, a infertilidade e tudo o mais que nos rodeia.

Por tudo isto, e por muito mais que as palavras não conseguem traduzir, tudo será mais fácil se junto de nós estiverem, para além dos que nos amam, uma equipa multi-disciplinar de profissionais devidamente qualificados.

A endometriose não é “só” dor…

Susana Fonseca e Susana Guerreiro



Avaliação de Dor e Depressão em Mulheres com Endometriose Após Intervenção Multiprofissional em Grupo


OBJETIVO
Avaliar os escores de dor e depressão antes e depois da intervenção multiprofissional em grupo em mulheres com endometriose, bem como verificar as diferenças entre aquelas que não participaram dessa atividade.

MÉTODOS
Participaram deste estudo 128 mulheres do Ambulatório de Endometriose do CAISM/UNICAMP, distribuídas igualmente em dois grupos: que recebeu ou não a intervenção em grupo. Todas preencheram o Inventário de Depressão de Beck e a Escala Visual Analógica.

RESULTADOS
Foi identificada diminuição significativa dos escores de dor e depressão ao final da intervenção em grupo. As mulheres que não participaram dos grupos de apoio mostraram escores maiores de dor quando comparadas aos escores iniciais das participantes dos grupos. Já os escores de depressão foram menores no grupo sem intervenção. Foi identificada correlação positiva entre dor e depressão em ambos os grupos.

CONCLUSÃO
A intervenção em grupo foi eficaz na diminuição da dor e depressão das mulheres com endometriose, podendo ser incorporada ao tratamento convencional oferecido às portadoras dessa doença.

Para consultar o artigo na integra consultar: http://www.scielo.br/pdf/ramb/v53n5/a20v53n5.pdf

_________________


Presidente da Direcção - MulherEndo - Associação Portuguesa de Apoio a Mulheres com Endometriose

"Não importa o nome ou a origem das forças que nos empurram para a frente ou nos obrigam a ficar de pé. O que é importante é que elas existem e estão sempre dentro de nós. Sempre!" Laurinda Alves
avatar
SusanaFonseca
Admin

Mensagens : 2410
Data de inscrição : 11/05/2010
Idade : 32
Localização : Leiria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum